Você está em > Pellon & Associados Advocacia > Clipping BR > Lucro das seguradoras cai 54%, para R$ 5,2 bi, no acumulado de janeiro a setembro de 2021
19/11/2021 | Fonte: SONHO SEGURO

Lucro das seguradoras cai 54%, para R$ 5,2 bi, no acumulado de janeiro a setembro de 2021

Somente a Bradesco Seguros foi responsável por uma queda de R$ 1,5 bilhão no período

O lucro liquido do mercado segurador recuou 54% de janeiro a setembro deste ano, comparado aos R$ 11 bilhões registrados em mesmo período de 2020, segundo dados enviados pelas seguradoras para a Superintendência de Seguros Privados (Susep) e analisados pela consultoria Siscorp. Já faturamento cresceu. O setor de seguros arrecadou R$ 224,29 bilhões no acumulado até setembro deste ano, avanço de de 13,2%.

A líder do ranking é a Caixa Seguradora, com R$ 1,57 bilhão, seguida por Bradesco, com R$ 1,51 bilhão e pelo Banco do Brasil, com R$ 1,3 bilhão. Neste seleto grupo do bilhão, todas registraram queda no ganho do período. A diferença está nas colocações. A Bradesco deixou a liderança, assumida pela Caixa. O grupo da Cidade de Deus tem a segunda colocação, que era da BB Seguros, agora em terceiro lugar.

A Porto Seguro, segundo os dados enviados a Susep, teve seu lucro reduzido de R$ 1,064 bilhão para R$ 614 milhões no período analisado. E o mesmo aconteceu a maioria listada no ranking das 50 maiores empresas.

Algumas tiveram um comportamento diferente. A Allianz reverteu o lucro de R$ 286 milhões em 2020 para prejuízo de 147 milhões em setembro deste ano. A Safra Seguros engordou o ganho, que passou de R$ 83 milhões para R$ 105 milhões. A AXA reverteu a perda de R$ 6,2 milhões para R$ 13 milhões.

A grande novidade foi a entrada da NEWE Seguros no grupo das 50 maiores.

 

Compartilhe

© 2021 Copyright Pellon & Associados