Você está em > Pellon & Associados Advocacia > Clipping BR > Venda de seguro de pessoas cresce 12,7% em 2021, para R$ 51 bilhões; indenizações por Covid-19 somaram R$ 4,8 bi
21/02/2022 | Fonte: SONHO SEGURO

Venda de seguro de pessoas cresce 12,7% em 2021, para R$ 51 bilhões; indenizações por Covid-19 somaram R$ 4,8 bi

De abril de 2020 a dezembro de 2021, seguradoras pagaram 162.557 titulares de apólices, que totalizaram R$ 5,93 bilhões

O mercado de seguros de pessoas avançou 12,72% no que diz respeito à arrecadação, no último ano. É o que aponta o último relatório de 2021 elaborado pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida – Fenaprevi, com base nos dados divulgados pela Superintendência de Seguros Privados – Susep. Em valores, foram mais de R$ 51,17 bilhões acumulados em prêmios, entre janeiro e dezembro.

Conforme o levantamento, quase a metade do volume total foi alcançada pelos seguros de Vida, nas modalidades em Grupo (R$ 13,5 bi) e Individual (R$ 9,9 bi) que, somados chegam a quase R$ 23,4 bilhões. Em seguida, vêm o Prestamista (R$ 15,6 bi) e Acidentes Pessoais (R$ 6,8 bi).

Os seguros Funeral e Doenças Graves também tiveram um aumento considerável em relação ao ano anterior, com R$ 1,05 bilhão e cerca de R$ 1,4 bi em prêmios, respectivamente.

No período, houve crescimento expressivo dos sinistros quando comparados ao ano prévio, chegando a R$ 17,6 bilhões – reflexo ainda da pandemia do novo coronavírus. Desde abril de 2020, as empresas assumiram o pagamento das indenizações por mortes decorrentes da Covid-19, desembolsando até dezembro de 2021 quase R$ 6 bilhões, e assistindo mais de 162 mil famílias.

Compartilhe

© 2022 Copyright Pellon & Associados