Você está em > Pellon & Associados Advocacia > Clipping BR > Com 26%, Direito Civil é a área de maior atuação entre os advogados
21/05/2024 | Fonte: Migalhas

Com 26%, Direito Civil é a área de maior atuação entre os advogados

Colaboração: Carolina Carraro – Biblioteca Pellon & Associados

Fonte: Migalhas. Redação.

 

Pesquisa ainda apontou que os idosos são os que mais preferem a especialidade.

O Direito Civil é a área que concentra maior número de advogados. São 26% dos profissionais que optaram pelo seguimento, seguida de Família e Sucessões (14%), Direito Trabalhista (12%) e Direito Previdenciário (11%).

Os dados são de um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas, encomendado pelo Conselho Federal da OAB, que entrevistou 20.885 advogados em todo o país.

Quando analisada a preferência por área segundo o gênero, o Direito Civil ainda se destaca no topo, com 24% de mulheres e 28% de homens na área. As diferenças mais notáveis por gênero surgem em Família e Sucessões, com 18% das advogadas escolhendo esta área, contra apenas 9% dos advogados.

O Direito Previdenciário também mostra divergência, sendo preferido por 13% das mulheres contra 9% dos homens, enquanto o Direito Penal registra 10% de preferência entre os homens e apenas 6% entre as mulheres.

Esses dados também revelam disparidades importantes na escolha de especialização por gênero. Na área de Família e Sucessões, 18% das advogadas se especializam, em comparação com apenas 9% dos advogados.

Em Previdenciário, 13% das mulheres optam por essa área, contra 9% dos homens. Curiosamente, o Direito Penal é mais popular entre os homens, com 10%, enquanto somente 6% das mulheres escolhem essa especialidade.

O estudo também observou as preferências por faixa etária, indicando que advogados acima dos 60 anos preferem o Direito Civil, com 33% atuando nesta área.

Entre os mais jovens, de 21 a 23 anos, o Direito Previdenciário e Penal são mais comuns, com 13% e 12%, respectivamente.

Regionalmente, o estudo mostra variações notáveis. No Norte, a área de Família e Sucessões é menos escolhida, com apenas 8% dos advogados a favor, enquanto o Direito Penal alcança 11%.

No Nordeste, o Direito Civil ainda é a área mais popular, mas cai para 20%, e o Direito Previdenciário aumenta para 18%, sendo essa região também a que mais menciona o Direito do Consumidor, com 11%.

O estudo

Encomendada pelo Conselho da OAB e realizado pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, o 1º Estudo sobre o Perfil Demográfico da Advocacia Brasileira, buscou identificar o perfil dos advogados brasileiros por meio do levantamento direto de dados primários e instrumento de coleta especificamente elaborado para esse fim.

O Estudo utilizou metodologia quantitativa, com pesquisa realizada por meio de questionários de autorresposta, on-line, preenchidos pelos respondentes por meio de link fornecido pela FGV e compartilhado no site da OAB, com possibilidade de acesso aos inscritos de todas as seccionais do país.

A amostra de 20.885 entrevistados(as) é representativa do universo de 1.370.476 advogados(as) inscritos(as) na OAB, com controle de cotas para seccional, sexo e idade, preestabelecidas com base na proporção dessas variáveis no universo de inscritos, de acordo com o CNA – Cadastro Nacional da Advocacia.

Os percentuais que não totalizam 100% são decorrentes de arredondamento ou de múltiplas alternativas de resposta. A margem de erro máximo estimada é menos de 1 ponto percentual para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,45%.

Link: https://www.migalhas.com.br/quentes/406518/com-26–direito-civil-e-a-area-de-maior-atuacao-entre-os-advogados

Compartilhe

© 2024 Copyright Pellon & Associados