Você está em > Pellon & Associados Advocacia > Clipping BR > Como a revolução digital está transformando o setor de seguros
| Fonte:

Como a revolução digital está transformando o setor de seguros

Com o consumidor cada vez mais digital, surge a necessidade das seguradoras atualizarem os modelos de negócio para acompanhar as expectativas e exigências dos clientes

Uma pesquisa da McKinsey mostrou que as companhias de seguros com capacidades avançadas de TI têm uma clara vantagem sobre as concorrentes em relação aos custos e à agilidade. Os líderes digitais mostram um crescimento quatro vezes acima da média do setor. E esses são apenas alguns dos benefícios da transformação digital em seguros.

A tecnologia desempenhou um papel muito importante, pois trouxe maiores níveis de eficiência e economia de custos, que são repassados aos clientes. A ascensão do consumidor digital criou a necessidade das seguradoras atualizarem os modelos de negócio, para acompanhar as expectativas e exigências dos clientes. Isso significa fornecer produtos, serviços e modelos de preços mais personalizados, acessíveis e eficientes, juntamente com os recursos digitais em rápida evolução.

As seguradoras devem mudar as práticas tradicionais de marketing para se concentrarem em propostas de valor para o cliente. As empresas devem oferecer diferenciais no mercado, reduzindo ao mesmo tempo os dispêndios operacionais e aumentando os canais de acesso.

Para garantir que as companhias permaneçam competitivas no cenário atual, investir em tecnologias em expansão e utilizar estratégias de resiliência para se prepararem para outras mudanças de mercado não é apenas sensato, mas também necessário. Por exemplo, muitas companhias de seguros oferecem agora chatbots online, permitindo aos clientes resolver dúvidas sem a necessidade de fazer uma chamada.

Além disso, as seguradoras também estão aproveitando o poder dos algoritmos de aprendizado de máquina para personalizar ofertas e prever tendências de sinistros que podem afetar as políticas de cobertura e os preços dos prêmios. Sem contar que, muitos clientes têm agora acesso a ferramentas automatizadas para comparar planos de saúde e obter uma compreensão mais profunda do contrato. O aproveitamento desta tecnologia não só melhora a experiência do usuário, como também torna o processo mais rápido e eficiente para as seguradoras.

À medida que as seguradoras procuram satisfazer as crescentes exigências dos clientes, elas também enfrentam vários desafios para se tornarem digitais. Isso inclui a capacidade de acompanhar as crescentes expectativas dos consumidores em termos de velocidade, conveniência e personalização. Sem deixar de fora a digitalização de produtos e serviços para responder rapidamente às necessidades dos clientes, adoção de novas tecnologias, como Inteligência Artificial e automação enquanto precisam continuar mantendo a confiança, relevância e a privacidade.

Atender às demandas dos consumidores e, simultaneamente, adaptar-se a um cenário digital em rápida mudança será um desafio para muitas seguradoras. Mas, aderir a essa transformação é essencial para evitar interrupções e permanecer competitivo no futuro.

O futuro da indústria de seguros

A indústria seguradora de amanhã será, sem dúvida, moldada pela vontade de assumir riscos e abraçar a mudança. Tecnologias como Inteligência Artificial e aprendizado de máquina permitirão que as seguradoras avaliem e gerenciem, com precisão, os riscos de maneiras antes inimagináveis.

Além disso, a utilização crescente de recursos online permitiu às seguradoras simplificar as operações e trazer poupanças reais de custos, beneficiando tanto os próprios resultados como o bolso do cliente. É evidente que, para sobreviverem num cenário em constante mudança, as companhias de seguros devem adotar tecnologia de ponta para permanecerem relevantes neste ambiente altamente competitivo.

* Por Inon Neves, vice-presidente sênior da Access Latam

Compartilhe

© 2024 Copyright Pellon & Associados