Você está em > Pellon & Associados Advocacia > Clipping BR > Terremoto na Turquia: baixa exposição das resseguradoras; impactos econômicos podem ultrapassar US$ 1 bilhão
07/02/2023 | Fonte: SONHO SEGURO

Terremoto na Turquia: baixa exposição das resseguradoras; impactos econômicos podem ultrapassar US$ 1 bilhão

É provável que a maior parte da perda econômica desse terremoto devastador não seja protegida por seguro

Fonte: Artemis

Fatalidades e danos significativos foram relatados depois que o sul da Turquia foi atingido por um grande terremoto de magnitude 7,8 nesta manhã perto de Gaziantep, perto da fronteira com a Síria. O US Geological Survey (USGS) dá 78% de chance de que o impacto econômico chegue a mais de US$ 1 bilhão. O norte da Síria também sofreu danos significativos, com mais de 200 mortos relatados no país.

Este terremoto é um dos maiores já registrados no sul da Turquia, embora a região seja particularmente ativa sismicamente. Já foi relatado que o número de mortos aumentou para mais de 500 pessoas, com a expectativa de que esse número aumente muito mais e os dados do USGS Pager sugerem uma chance de 47% de mais de 1.000 mortes terem ocorrido devido ao terremoto.

Mais de 1.700 edifícios foram danificados ou destruídos somente na Turquia, de acordo com um comunicado do vice-presidente, com algumas cidades particularmente afetadas. Kahramanmaras, uma cidade de mais de 1 milhão de pessoas, foi duramente atingida, assim como Malatya, região de Hayat e relatórios sugerem até 10 grandes cidades fortemente afetadas por prédios em colapso.

Steve Bowen, diretor de ciências da corretora de resseguros Gallagher Re, comentou que um terremoto de magnitude 6,7 na mesma região em janeiro de 2020 custou cerca de US$ 600 milhões.

A penetração de seguros está aumentando na Turquia e há capital de resseguro em risco para este evento. No entanto, é provável que a maior parte da perda econômica desse terremoto devastador não seja protegida, resultando em perdas para a indústria de seguros e talvez de resseguros relativamente pequenas em comparação.

O Grupo Turco de Seguros contra Catástrofes (o TCIP) é uma instituição pública responsável pelo fornecimento de Seguro Compulsório contra Terremotos ao público, ajudando a garantir um nível mínimo de cobertura de forma bastante ampla.

O TCIP compra um programa de resseguro e transfere parte de suas responsabilidades para resseguros internacionais e mercados de capitais, embora o pool de seguros contra catástrofes não tenha renovado seu título contra catástrofes 144A desde a emissão do Bósforo em 2015.

Em novembro de 2021, o TCIP renovou seu resseguro que, juntamente com sua retenção, lhe deu uma capacidade de pagamento de sinistros próxima a US $ 2,5 bilhões.

A Munich Re e a Swiss Re detinham as maiores participações dessa torre de resseguros TCIP, que somavam cerca de US$ 260 milhões e cobriram prejuízos de cerca de US$ 2 bilhões, entendemos, enquanto outras grandes resseguradoras do mercado de Londres e Bermudas também participavam.

O resseguro foi renovado no quarto trimestre de 2022, mas não temos detalhes dessa torre, informou.

Há uma forte possibilidade de que o TCIP recorra ao apoio do resseguro para pagar as indenizações deste terremoto, caso os danos econômicos ultrapassem a marca de US$ 1 bilhão, como sugere o USGS.

O risco de terremoto na Turquia é uma exposição menor dentro de uma série de transações pendentes de títulos de catástrofe retrocessionais, mas para qualquer um deles ser problemático, provavelmente seria necessário um terremoto com epicentro mais próximo da maior cidade de Istambul.

 

Compartilhe

© 2024 Copyright Pellon & Associados